H I S T O R I A L

A "Banda Arcuense" foi fundada a 1 de Dezembro de 1880 e iniciou a sua actividade sob a regência de João Rodrigues, conhecido por “Maestro Cristina”.

No dia 30 de Dezembro de 1974 foi formada a Sociedade Musical de Arcos de Valdevez com o intuito de proporcionar a instrução musical, cultural e recreio aos seus sócios e familiares, e onde foi inserida a "Banda Arcuense" que, já nessa altura e fruto do prestígio que foi granjeando, era conhecida como a BANDA DE ARCOS DE VALDEVEZ, situação que se mantém até aos dias de hoje.

Sendo uma das mais conceituadas Bandas do país, a “Banda de Arcos de Valdevez” atingiu este patamar graças aos vários maestros e direções que ao longo do tempo por lá passaram e deram muito de si em prol da Cultura e do Concelho. Pela direcção artística passaram grandes nomes do meio musical entre os quais o Maestro Cristina, Alves Amorim, Idílio Nunes, Avelino Ramos e, actualmente, Gil Magalhães.

A Sociedade Musical de Arcos de Valdevez, tem também uma Escola de Música que garante a formação permanente de crianças e jovens do concelho e concelhos vizinhos, bem como a renovação da própria Banda. Tem ao seu serviço vários professores dos vários instrumentos.

Em 2006, a Banda participou na gravação de um CD com temas originais de Afonso Alves, promovido pela empresa Cardoso & Conceição, numa publicação da Molennar Editions (Holanda).

No mês de Março de 2007, realizou-se em Arcos de Valdevez um Curso de Direcção organizado pela Cardoso & Conceição, que contou com a participação do Maestro e Professor António Saiote, uma das figuras de maior prestígio internacional do mundo musical português.

No mês de Novembro deste mesmo ano, a Banda de Arcos de Valdevez participou no I Festival de Bandas no Europarque, em Santa Maria da Feira, tendo sido, fervorosamente, elogiada.

A Banda de Arcos de Valdevez participou ainda, no grandioso Festival do Clarinete, “Clarinefest”, organizado pela Associação Internacional do Clarinete e que decorreu na Casa da Música, no mês de Agosto de 2009. Sob a direcção do Maestro Idílio Nunes, a Banda subiu ao palco da Sala Suggia e acompanhou os prestigiados solistas Cristelle Pochet, Emilie Pinel e Philippe Cuper.

Em parceria com o Município, a Banda realizou, em Fevereiro de 2010, um concerto de beneficência de apoio à tragédia no Haiti, tendo sido angariada uma importante quantia que, posteriormente, foi transferida para a Assistência Médica Internacional (AMI).

No dia 25 de Novembro de 2012 e já sob a regência do Maestro Gil Magalhães, a Banda volta ao Europarque para participar no II Ciclo Do Festival de Bandas "A Filarmonia ao mais Alto Nível", sendo uma das poucas Bandas a ter a honra de marcar presença por duas vezes neste evento, e onde uma vez mais, foi muito elogiada.

A Banda atualmente é composta por cerca de 65 músicos que interpretam um vasto e variado reportório, especialmente para animar festas e romarias, e dispõe de um instrumental totalmente renovado. A Banda dispõe igualmente de um coral de música sacra que apoia o culto religioso. É importante sublinhar ainda, a existência de uma mini-orquestra ligeira, cuja actividade é apoiada pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Actualmente, a Banda é dirigida pelo Maestro e Professor Gil Magalhães.

A Banda de Arcos de Valdevez é um dos altos expoentes da rica tradição cultural do Concelho de Arcos de Valdevez.

“A Banda de Arcos de Valdevez é uma jóia preciosa escondida em Valdevez.”- Kevin Wauldron

powered by:BandaGest